segunda-feira, 13 de junho de 2011

Aznavour et nous

Há 45 anos que nos conhecemos. Esta canção de Aznavour foi durante anos, uma das "Nossas canções". Ainda é.
Por isso, com todo o meu amor:
Bon anniversaire



Charles Aznavour

Até sempre, meu amor.
Até um dia destes, amigos.

22 comentários:

Je Vois la Vie en Vert disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Je Vois la Vie en Vert disse...

Joyeux anniversaire de mariage au couple qui a fêté ses 45 ans de mariage !

Desejo-vos ainda muitos anos de amor !

Sabes, Maria, que eu não conhecia esta música do Aznavour ?

Um beijinho para o João, outro para ti Maria.

Verdinha

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Mariamiga

Ópraesta! Quarenta e cinco... Quarenta e oito vamos nós fazer, a minha bem-amada proprietária ê muá méme, como dizem os Franciús. (Atenção Verdinha: eu escrevi Franciús...)E sem o Xarles...

Estou, como sempre, de alma e c'ração com o Santo Artista. É nas grandes dores que se vêem os amigos, éoké... Os meus sentimentos...

Prontos (sem s) Um abração do tamanho do Mundo para os dois, saúde, que é importantíssimo e uns cêntimos prás comemorações. Onde é o banquete???

Bjs da Kel e qeijão para tu

Alva disse...

Olá Maria,

Desejo que continuem com anos muito felizes carregados de amor, saúde, paz e luz!

Por tudo isso, desejo que festejem as vossas Bodas de Rubi como uma pedra-preciosa que o é, e a guardem por muitos e longos anos noutra "pedra-preciosa" chamada coração!

Nunca deixem de sonhar amar e acreditar. São componentes essenciais para essa "pedra-preciosa" brilhar! =)

Muitos beijinhos (desta vez, aos dois).
Maria, da tua Pequenina

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Este é o maior, dos românticos. Boa escolha, fez os "pombinhos", nestes 45 anos de união.
Comemorem, comemorem, com a felicidade do primeiro dia, da primeira canção.
Saúde e harmonia perene, Maria.
Abraço, ao seu João,
Beijinhos

Maga e Joao disse...

Verdinha querida
45 anos já são muitos, num tempo em que os casamentos duram tão pouco!
Ainda por cima continua a haver Amor.
Estou completamente fora de moda.
Esta canção de Aznavour é muito antiga e adoro-a.
Desejo para ti e o Leo, um amor assim.
Vale a pena amar. Com altos e baixos, sabemos que vai ser assim, até ao fim.
Beijinhos para os dois
Maria

Maga e Joao disse...

Henriquamigo
O teu santo agradece penhorado, os sentimentos.
Estás cheio de sorte, porque ele não gosta do Toni de Matos. Se gostasse, levavas com o "Eu sou romântico".
Livraste-te desse.
Isto é mesmo "Amor de perdição", sem a Teresa a morrer no convento, nem o Simão a morrer na nau que o levava para a Índia.
Se o estômago não me matar entretanto, chegaremos aos 50 ou mais.
Abçs dos homens, beijinhos para a tua amada e queijinhos para tu
Maria

Maga e Joao disse...

Pequenina querida
Como te desejo a sorte que eu tive!
O sonho continua, o amor também.
Claro que há momentos piores mas, sempre os ultrapassámos.
Ser feliz nem sempre é fácil. É preciso acertar as agulhas muitas vezes mas, é o amor que conta mais.
Depois, vem a compreensão, a cedência, a partilha. É assim que se chega a esta altura e, continua a amar-se da mesma forma.
Obrigada pelo teu comentário tão terno e sensato.
Beijinho
Maria

Maga e Joao disse...

Lucinha querida
Obrigada pelas suas palavras.
Tenho andado doente e nem venho ao computador.
Hoje espero te visitar, amiga.
Terei que tratar isto, que ainda não sei bem o que é. Só sei que dói e não me deixa comer. Depois fico sem forças para nada. Farto-me de dormir.
Vamos ver, daqui a um mês o que dirá o exame.
Beijinho grande
Maria

Laura disse...

Puxa, Maria, tanto ano com o mesmo namorado, credo...não enjoa? acho que é tão difícil chegar ao fim de tantos anos ainda juntos e com carinho, amor...
Então força, Parabéns e sempre juntos na alegria.

Um abraço apertadinho da flor de linho.

laura

Maria disse...

Laurinha
Não é assim tão difícil. Há altos e baixos, dias piores, dias bons. É só lembrar os momentos bons, quando se passa por uma fase má.
E é "Amar, assim perdidamente..."como dizia a Florbela.
Beijinhos, minha flor.
Maria

Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alfredo M B Caiano Silvestre disse...

Que sejam felizes.

Maria disse...

Obrigada, amigo Alfredo. Foi bom ter notícias tuas.
Um abraço da
Maria

Kim disse...

Petite Marie!
Tal como a Verdinha, também não conhecia esta canção de Aznavour, mas é um prazer ouvi-la e saber do teu curriculum casamenteiro.
Um grande beijinho e que dure outros quarenta e cinco.

Maria disse...

Kim
Esta interpretação é recente. A canção é das que mais gosto. O poema é lindo. E é Aznavour no seu melhor.
Beijinho
Maria

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Olá, Maria querida
Vim trazer-lhe meu abraço forte,
desejando o retorno, urgente, do seu bem-estar, com saúde plena.
Beijinhos

Laura disse...

Maria, como vamos? nem saí, o calor aperta e estou melhor em casa..e tu? espero que já tenhas a energias renovadas...Muitos beijinhos da laura

Laura disse...

Saudade de ti
da Maria que conheci
entre blogues e risos
entre lírios e sóis
campos de girassóis.

Saudade da amiga
que me ensinou
a cor da flor de linho
e a transformou
em palavras de carinho.

beijinhos para ti minha querida Maria.

a tua flor de linho.

laura

Maria disse...

Querida Flor de linho
A Maria está doente. O estômago continua a dar que fazer e, não tem maneira de melhorar. Problemas em cima uns dos outros, cada qual mais chato do que os outros. Não tenho vontade de escrever e, por vezes, nem comentar me apetece. Leio-te sempre.
Tenho-te no coração.
Beijinhos
Maria

Je Vois la Vie en Vert disse...

Querida Maria,

Também eu ficava feliz de saber que acreditas porque é uma grande ajuda face a momentos difíceis.
Tu que gostas tanto de ler, porque não lês livros de convertidos ? Ou de alguns dos autores das frases ?

Eu gostava muito de ler um livro de Patrick Sebastien aqui, humorista e apresentador muito conhecido em França que segundo as suas palavras, um dia numa entrevista, começou o seu livro ateu e acabou crente (como era a sua mãe, com quem teve contactos ou sinais depois da morte dela). Estou quase a ir de férias e quando voltarei irei encomendá-lo na FNAC, sei que é possível.

Beijinhos, minha querida Maria.
Espero que já te sentes melhor com o calor !

verdinha