sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Cartão Vermelho



Pessoas a morrer de fome e outras de fartura
Pessoas com inúmeras casas e outras a viver na rua
Falta de respeito pelas ideias dos outros e tentativa de impor as suas.
Tráfico de mulheres e trabalho escravo.
Abuso, violação e rapto de crianças.
Experiências com animais.
Abate de animais para adornar as Barbies deste mundo.
Implantes de silicone.
Deslealdade, mentira e batota.
Tentativa de me obrigarem a comer sapos.

Até um dia destes e façam o favor de ser felizes.

39 comentários:

Je Vois la Vie en Vert disse...

Mais um cartão vermelho :

Aos pilotos da TAP : este pedido de aumento é uma bofetada aos que ganham o salário mínimo. Se continuarem, ficam sem emprego porque a TAP vai à falência.

Beijinhos, amiga Maria

Verdinha

Maria disse...

Verdinha querida:

Tens razão. Há pessoas que tanto querem que acabam por ficar sem nada. Sem falar nas pessoas prejudicadas por causa deles.
Beijinhos

*Lisa_B* disse...

Olá querida Maria,
estou de regresso com as coisas um pouco mais controladas a nivel de saúde felizmente.
Achei engraçado este teu cartão vermelho e sei que não quiseste estender-te mas eu acrescento como fez a Verdinha e dou cartão vermelho ao PM Socrates pelo seu atrevimento em querer o TGV para Portugal quando nem temos camas para os doentes nos hospitais e vem aí a gripe A e teremos de ficar na rua ehehe mandem la´TGV's Pois então, país de ricos com carteira de pobre.
Não me alongo mais senão ainda "quebro" alguma costela :-) Fica bem beijinhos

Maria disse...

Lisa B.

Ainda bem que estás de volta.
Espero que tudo esteja bem contigo.
Vais encontrar mais cartões vermelhos nos blog. É um concurso, uma brincadeira que o AF da "Travessa do Ferreira" inventou.
Amanhã, espreitarei o teu blog.
Bem vinda e beijinhos.

Laura disse...

Cartão vermelho às passadeiras vermelhas e sendo assim; corta-se o mal pela raíz!... é puxar a passadeira ao Governo das mediocridades e já está? quem alinha? comecemos já, elimina-s eo mal que está a minar o País...Eleger a quem? dsenterremos o Robin Hood!...Beijinhos querida Maria.

Maria disse...

Laurinha querida:

Há tantos cartões vermelhos a dar, que vai ser díficil dá-los todos.
Vamos dando alguns.
Estou preocupada com a Soledade. As coisas estão mal para ela.
Beijinho.

Kim disse...

... e à guerra, coisa que não cabe na minha cabeça!
... e à dor!
Beijinhos Petite Marie

Maria disse...

Kim:
A guerra é tão horrível que merece um cartão preto.
Quando vejo filmes de guerra, sinto-me tão triste, tão infeliz, que não a consigo classificar.
O medo da guerra é tão grande, como a curiosidade que me desperta a história de todas elas. O homem é o único ser que usa a guerra por ganância, por vontade de poder. Os outros lutam por comida, por instinto sexual, por necessidade.
Por isso amigo, para a guerra, CARTÃO PRETO.
Beijinho.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

C+O+R+R+E+C+Ç+Ã+O

Mariamiguitazinha

Cá o Henriquinhamigo pode ser acusado de montanhas de coisas, mas desta de ter inventado os Dez Vermelhos, nem pó!!! Indo, sil us plau, à Minha Travessa verás tu e todos quem está na origem da iniciativa ou, pelo menos, quem me passou a bola. Mas, eu sei: abusam de mim porque sou picanino…

Em tempo: não podia bazar sem anotar (ainda que de passagem) que uma Senhora - que me considerou demasiadamente político e por isso não visitava o meu blogue -, aproveite agora o ensejo para aqui deixar um recado/aviso… político…

Saem quatro abs e qjs para a mesa do canto…

Maria disse...

Henriquamigo:

Já outro dia te avisei, que os meus neurónios andam avariados. Peço desculpa aqui, à Ana e vou fazê-lo no teu blog.
O mano já está em casa, mas longe de estar bem. Vai devagarinho.
Peço de novo desculpa a ti e à Ana.
Abraços dos homis, beijinho à Raquel e queijinhos para tu.
PS Nâo te esqueças de ir votar.

Anónimo disse...

cartão vermelho a:
mães que têm filhos e não os querem;
Pessoas que começam guerras por opiniões e se julgam donas da verdade, na maioria das vezes só ententem a sua verdade;
Que vivem a fundo, o romantismo da sua infelicidade não se dando conta do quanto podem magoar os outros;
Que fingem dores, sentimentos e desgostos;
aos bandidos disfarçados de senhores;
aos que dão esmola à luz do dia e pontapés na noite.
Aos egoístas;
Ao sistema que me corrompe e sufoca;
À evolução;

Eu sem nome

Maria disse...

Como já disse várias vezes, não respondo a Anónimos, sobretudo quando pleonasmásticamente, assinam
"Sem nome".
Portanto, não volte a escrever porque não lhe respondo.
Cartão vermelho para si.

antonior disse...

Maria, Grande Maria, que abençoada estatura de Mulher, Ser Humano que admiro nestas palavras.

Claro que cartões vermelhos poderias, infelizmente, passar milhares. Mas estas tuas escolhas eu subscrevo todas, todinhas, em cada palavra sem trocar nenhuma de lugar.

Como te saúdo pela verticalidade com que enfrentas os dissabores a que passas os cartões vermelhos.

Como todos nós, de fragilidades e solidez és feita. Se um dia a equívocos te expões, no outro os resolves e afirmas o teu estar.

Beijinhos, com amizade.

antonior disse...

E já me esquecia...respondi aos comentários do post “Amarelo – O Pequeno Tigre” na mesma página em que foram feitos.

Laura disse...

Oi Maria, como vamos? O mano melhorou? Espero que haja sempre boas novas da parte dele...Para que tu possas anda rmais de alto astral...com calma, tudo volta ao lugar. beijinhos minha querida, muitos..laura

Maria disse...

António, meu Amigo:

Penso que sou um ser humano normal, com qualidades e defeitos.
Entre as qualidades, há uma de que me orgulho: Quando sou amiga, sou-o sempre. Nada nem ninguém, pode fazer-me trair uma amizade.
Tu e a Maria fazem parte desse grupo de amigos, que defendo cotra tudo e todos.
Contem comigo SEMPRE.
Abraço do João e beijinhos para os dois.

Maria disse...

Querida Laurinha:

O mano já está em casa, já se senta aos bocadinhos, mas ainda está fraquinho.
Eu vou-me aguentando. Todos os dias aparece um problema novo ou velho.
E tu, como estás?
Beijinhos e obrigada, minha flor de linho

Francisco Dos Santos disse...

Cara amiga Maria,
Gosto dos seus cartões vermelhos. Não percebo porque depois outros encontram aí motivo para "levar mais vezes a mão ao bolso". Mas é bom a liberdade de expressão. Se me permite, todos os trabalhadores têm direito à greve e à re-envindicação de direitos e mesmo de melhores salários.
Inclusivamente políticos e funcionários públicos. Inclusivamente professores e médicos. Inclusivamente polícias e, porque não, pilotos da TAP !?!?!?

Imaginemos que a TAP vá à falência (outra vez...). Será que a culpa é dos pilotos? Por favor...
Não me importo que me admoeste por este comentário, mas não será razão para vermelho.

Francisco Santos

Maria disse...

Francisco dos Santos:
Antes de mais obrigada pelo seu comentário.
É claro que todos têm direito à greve e a aspirar a melhores salários. Só que o mau momento que a TAP atravessa, não me parece que seja muito oportuno para tomar atitudes tão drásticas. A falência da empresa ia-os deixar não só sem aumento, como provavelmente sem emprego. Nada tenho contra eles e até devem ter razão, mas esperar um pouco, talvez fosse mais sensato. Esta é a minha opinião, que pode nem ser justa.
E não serão apenas os pilotos os responsáveis pela quebra da TAP. Há outras razões, concerteza mais graves.
Gostei da sua franqueza e agradeço-lha.

Osvaldo disse...

Maria;

Cartões vermelhos?...
A mim dêem-me quantos cartões quizerem mas só verdes.
Gosto muito de você leãozinho!...

Maria, na próxima não poderás faltar e certamente que a Laura, Kim, Verdinha, Moa, Ana e claro, eu, não aceitaremos um "não".

Claro que compreendemos e respeitamos a tua decisão mas durante todo o tempo estiveste, tu e o João, presentes porque várias vezes falamos de vós, sempre bem, claro e só por isso não te demos o cartão vermelho!... rsrsrsrs.

Na terça-feira a Ana e eu fomos às Caldas da Rainha visitar o Museu josé Malhoa e o Moa e esposa vieram lá ter connosco e pretendiamos ir até Odivelas mas achamos que devido ao momento não seria a melhor hora, mas o teu presente assim como para o João, ficaram lá em casa e em Dezembro, se não formos a Lisboa, mando-tos pelo correio.

bjs pra ti Maria e obrigado pelo carinho que demonstras sempre por todo o grupo e em especial pela minha Anita que é uma mulher maravilhosa e que sonha em te conhecer. Um abraço para o João e melhoras para o teu mano.

da Ana e Osvaldo

Caetano disse...

Mais que cartões vermelhos devia-se era aplicar a pena de irradiação. Há coisas que revoltam.

Beijinhos

Maria disse...

Caros Anita e Osvaldo:

Como já te disse tive muita pena de não ir. Depois de a Laura ter contado tudo, o Kim me mandar fotos e agora as tuas, ainda mais. Para o ano será.
A melhor prenda que posso ter, é ver-vos a todos e abraçá-los. A semana passada foi infernal. Felizmente o meu irmão já está em casa e a fazer progressos, lentamente.
Quanto aos cartões vermelhos foi uma espécie de passatempo, em vários blogs. Não tem a ver com futebol.
Abraço do João e beijinhos para os dois

Maria disse...

É verdade Caetano. Seriam precisos muitos cartões vermelhos, para acabar com tanta coisa má que há no mundo.
Estão mais em vários blogs.
Beijinho

Laura disse...

Biste, Maria? Biste, ó rapariga, se eu tivesse seguido o conselho da Aninhas e do Osvaldo, tinha agarrado neles e encaminhava-os para Lisboa, e, acabariamos por te ver, mas assim seria algo muito rápido e como já reparaste, gosto mais de festas ciganas que durem mais de 3 dias...Mas deix alá, em breve irei ai e depois combina-se algo..jinhos meus, laura

Maria disse...

Laurinha:
Espero que este momento mau passe depressa. Tudo me acontece. Amanhã conto.
Estou cheia de dores de cabeça e vou tentar dormir, se for capaz.
Amanhã conto tudo.
Beijinhos flor de linho.

Liliana disse...

Maria, quero apenas dizer que mostrou com categoria e sensatez esses cartões! Subscrevo-os todos.
As melhoras para a dor de cabeça. Boa noite. Beijinho

mariabesuga disse...

Os meus desejos aqui deste lado é que o acordar tenha sido mais aliviado e sem dor nessa cabecinha minha querida Maria que anda cansada e triste mas que precisa ter força para segurar as pontas e aguentar-se à tona.
Vá lá que estamos deste lado para ler os teus escritos e fazendo a oportunidade para mais um abraço daqueles...

Beijinho a abracinho à distância que de outra maneira não pode ser.

Maria disse...

Liliana:
Já tinha visto outros cartões e tinha concordado com todos. Tentei não repetir. Obrigada pelo comentário.
A cabeça já dói menos.
Beijinhos amiga.

Maria disse...

Querida Girassol:
A cabeça da Maria anda a mil à hora. Depois, dói.
Ontem foi um dia para esquecer. Depois conto.
Estou cansada, nervosa, sem dormir e o resultado é este.
Se vejo estes pesadelos passados, acho que durmo 3 dias a fio.
Beijinhos de cá para aí.

Estrela d'Alva disse...

Maria,

Vim só mandar um grande beijinho, porque há assuntos que não sei comentar...

Estrela d'Alva

Maria disse...

Minha querida Estrelinha:

O teu bijinho vale por cem comentários.
Obrigada pequenina.
Beijinho para ti.

pico minha ilha disse...

Maria deixo só um beijinho nada mais.

Maria disse...

Salomé:
Um beijinho sincero é muito, amiga.
Obrigada.
Beijinho (sincero)

Francisco Dos Santos disse...

Cara Maria,
A franqueza é sua. Eu sou só mais um que acha que as coisas quando estão mal devem ser abordadas de raiz. E é claro que reconheço a precisão de todos os cartões vermelhos saídos do bolso. Mas não me contive :)
Já agora lanço também um par deles:
CARTÃO VERMELHO:

- Entrada a pés juntos das grandes empresas sobre a segurança social (pela taxação das grandes fortunas em apoio à segurança social)

- Entrada por trás do IPCC - Painel Intergovernamental sobre as Alterações Climáticas (por insistirem, com factos que não chegam, para nos acusar a todos de sermos todos os responsáveis pelo aquecimento global que, já agora, também ocorre em Marte. Será do CO2 que os humanos emitem? Quem paga as cotas de CO2 em Marte?)

- Por palavras ao juiz da partida por parte da equipa governativa (em relação ao projecto Magalhães. Info-inclusão é: bibliotecas em todos os aglomerados populacionais, computadores e internet em todas elas, e com supervisão de pessoas competentes, técnicos e pedagogos. É: antes de dar um computador às crianças, saber de certeza que elas vivem em paz, que comem bem, que não chove dentro de casa nem na escola, que têm luz, água e conforto mínimo em casa e na escola e na sociedade em geral.

Isto só fica sem razão para cartões se as grandes fortunas forem taxadas em forma de suporte da Segurança Social. Se o IPCC e a ONU vierem a público dizer: - É verdade! Não temos direito de taxar o CO2, muito menos a países que lutam pela sua sobrevivência e desenvolvimento, nomeadamente na Europa, em África, na Ásia e na América do Sul, e que partirão desde logo em desvantagem financeira, em negativos, por puro prazer da do nossa necessidade de poder. Por fim, quando a Educação, a Protecção Social, a Segurança e Saúde estiverem no topo de qualquer programa, campanha e actuação política.

Obrigado pelas palavras amigas, amiga Maria. Um dia terei o prazer de a ver e cumprimentar.
Bem haja, desde a Dinamarca!

Francisco Santos

(agora calo-me! Até um outro dia...)

Laura disse...

Maria, Logo passo aí, levo-te comigo, vamos à voltinha das alegretas que a trsiteza é má companhia para nós, eu ando boa cumó milho, de tudo, da cabeça, do corpo, da alma, nanja que o passeio deu pra mandar tudo às urtigas e, viver em cheio, a ocasião merecia e bem...
Esquece as dores,e squece parte d anossa vida a parte que magoa, mete na saca, ata bem atada e deita-a ao mar...que esta vida são dois dias e as dores não valem a pena...chega quando dói memso cá dentro..adoro-te..jinho meu..laura

Maria disse...

Minha Flor de linho:
Se tudo fosse assim tão fácil!...
Se vejo isto acabado, ainda julgo que é mentira.
O João está um pouquinho melhor, mas só sexta-feira irá fazer as Ecos. Depois o médico dirá o que se passa. Espero que tudo corra bem, porque já estou a ficar maluca com tantos problemas e doenças.
Acho que a seguir vou ser eu. A minha cabeça já não anda a bater bem. Só faço e digo disparates. Se ao menos dormisse um bocado, talvez melhorasse.
Beijinhos e obrigada minha linda.

Maria disse...

Francisco:
Obrigada pelas achegas. Há tanta coisa a merecer cartão vermelho, que encheria os blogs todos.
Se cada um acrescentar uns quantos, estaremos a contribuir para melhorar o mundo?
Um beijinho.

Ana Oliveira disse...

Maria

Finalmente consegui fazer-lhe uma visita, é que não conseguia cá chegar de modo nenhum...mas hoje quando vi o link no blog da Laura fiquei contente e vim logo...e entrei. Não sei explicar porque não entrava...o Google dizia sempre que a página não estava disponível.
Agora que foi dada a volta a esta contrariedade devo dizer que gostei muito dos seus cartões vermelhos, todos (adorei o dos implantes de silicone!!!).

Desejo-lhe tudo de bom, as melhoras do seu doente e

Um beijo

Ana

Maria disse...

Obrigada Ana.
Eu detesto tudo o que é falso. Daí, não concordar com o selicone.
Volte sempre. A porta está sempre aberta para todos e o meu coração também.
Beijinho