sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Meu Neto




Há onze anos, à uma hora e um quarto, tive uma prenda das mais lindas que até hoje recebi.
Na noite gelada, depois de umas horas de ansiedade por ti e pela tua mãe, nasceste. Já era a quinta vez, que tinha uma prenda dessas, um bebé. O primeiro, o teu pai, depois a ti-ti e o padrinho, de seguida a minha primeira neta, naquele momento, tu.
Um menino lindo, perfeito, um misto de boneco e anjo.
Passados três meses, novo presente. Os teus pais emprestaram-te à avó. Foram dois anos muito felizes. Voltar a ter um bebé nos braços, acalenta-lo com velhas canções de embalar, que ainda lembras, ver-te crescer, esperto, alegre, meigo, ouvir-te as primeiras palavras. Estas, fazem-me sempre rir. O Nabão, teu companheiro e guarda, ladrava e, eu dizia: “Cala-te cão”. Um dia, ele ladrou e, antes de eu dizer nada, ouvi a tua voz de bebé: “Caa cão”. Chorei e ri ao mesmo tempo.
A vida afastou-nos. Foste para mais longe e, o sonho acabou. Quando cá estás, ainda pedes ao deitar: “Canta a da Estrelinha, avó”. E, de novo baixinho, canto para ti, a “Canção de Embalar” do Zeca Afonso. Até quando vais pedi-la? Hoje fazes 11 anos. E é por isso, que tudo me vem à ideia. Porque me lembro, que foste e és, o último bebé que embalei com ternura e força de mãe. Agora, já não tenho força, mas ainda te posso cantar: “Dorme meu menino, a Estrela d’alva, já a procurei e não a vi, outra que vier de madrugada, outra que eu souber, será para ti.” Queria dar-te, a ti e à tua prima, todas as estrelas do céu e, um mundo onde fosse fácil viver.
Vou mandar-te a “Canção da Estrelinha”, não cantada por mim, mas pelo seu autor.
Beijinhos, coceguinhas na orelhinha, um dia muito feliz, meu neto.
A tua avó continua a adorar-te.
Agradeço aos teus pais, esses dois anos, que nunca esquecerei.
Bom Ano Novo para os três, é o que mais deseja a mãe e avó.
Maria

38 comentários:

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Petitámiga

Pois é, os netos dão cabo de nós... No bom sentido, claro cumo binho tinto. Ainda agorinha tive(mos) quatro cá em casa, a passar o ano connosco.

O mais velho, o João, que fez 16 no dia 21 de Dezembro (estas festas são diabólicas, vai-se a reforma e subsídio natalício em prendas diversas) foi, pela primeira vez, farrar com a malta dele.

Sendo o primeiro, nunca o largávamos. E a mãe Margarida e o Pai Miguel deixavam-no connosco, sempre que era possível - e nós desejávamos que fosse todos os dias... Agora, passagem... só... com as meninas amiguinhas!!! E faz ele muito bem...

O que quer dizer que estamos na terceira idade. Terceira? Sexagésima quarta éoké. Ter os gajinhos perto é uma felicidade tsunâmica.

Pronto. Já no tal 2010, que todos comecemos com Saúde, que é o mais importante. O resto vem por acréscimo.

Os primeiros abs & etc para os homes e os primeiros qjs para tu

Je Vois la Vie en Vert disse...

Muitos parabéns a esta "PRENDA" que recebeste há 11 anos ! Muitos parabéns para os pais e todos os familiares, incluída a avó babada, que são privilegiados por poder agradecer a vida no primeiro ano do ano !
Ainda não tenho a sorte de ser avó, tenho idade para isso mas os meus 2 filhos acham que não.... :-)

Gostei (e continuo a gostar, claro !) imenso de ser mãe e vou gostar imenso se um dia for avó porque acho que é ser 2 vezes MÃE sem ter a preocupação/obrigação de educar, só vou MIMAR, MIMAR, MIMAR...

Que este primeiro dia do ano seja o primeiro de muitos dias felizes !

Muitos beijinhos de esperança, querida Amiga Maria

Verdinha

Laura disse...

Tão lindo querida maria, querida amiguinha.
Como a verdinha, ainda não sou avó, mas da forma que a vida vai e es responsabilidades, falta de emprego para os mais jovens, a coisa está complicada...
Adoro bebés, crianças matreiras, ladinas, espertas, mas sobretudo adoro mimar e dar carinho, acho que não fui má mãe, se os filhos ainda hoje me mimam tanto.
Parabéns ao teu querido netinho, é bom quando ainda podemos, embalar os ninos, tê-los em casa..
Gostei de ouvir a canção..Um xi e muitos dias felizes a começar hoje, hoje, sem falta..laura

Maria disse...

Heniquamigo

Sempre adorei crianças. Quando era miúda, queria ter uma dúzia de filhos. Fiquei-me por três. Depois, sonhava com uma penca de netos agarrada às saias. Para já, tenho dois, que são a minha paixão.
A vida não está para grandes famílias. A minha avó teve doze. 9 raparigas (duas morreram pequeninas) e 3 rapazes. Era uma casa cheia. faziamos pouca diferença uns dos outros. As saudades que eu tenho de ir ao Jaleco, e ao Circo ao Coliseu, todos de mão dada, em fila, com duas tias por guarda!
Outros tempos! Hoje, é neles que penso, quando penso no "Estado a que isto chegou (Salgueiro Maia).
Ser avó é bom, muito melhor que mãe. Podemos estragá-los à vontade, os pais que os eduquem.
Estes dois, são os meus raios de sol e o meu eterno medo. Neste mundo diabólico, que vida será a deles?
Abraços, beijinhos e queijinhos
Maria

Maria disse...

Querida Verdinha

A 1ª neta nasceu no Dia dos Namorados. Se tem esperado 2 dias, nascia no dia de anos do avô. Este, no dia de Ano Novo.
É como dizes. Com os netos, podemos mimá-los à vontade, porque os pais é que os educam.
Quando os cá tenho, gosto de os ver dormir. Ela, uma calmeirona de 1,70, mulher no corpo com cara de menina, a dormir, fica de novo um bebé, frágil e doce. Ele, um turbilhão de vida, alegre, sempre com ideias mirambulantes, a dormir, volta a ser o meu bebé loiro, com carinha de anjo.
Às vezes, deixo-me ficar a olhar para eles e imagino o seu futuro, que desejo feliz, num mundo diferente.
Tens razão. É muito bom ser avó. Estas férias, não tive cá nenhum, por causa da doença do meu irmão e porque não tinha saúde, nem forças, para passear e brincar com eles, como das outras vezes.
Um dia verás como é bom ser avó.
Beijinhos querida e um bom 1º dia do ano, seguido de outros iguais.
Beijinho
Maria

Maria disse...

Estou-te a imaginar "Avó Laurinha", fazendo petiscos para os teus netinhos.
A minha neta gosta de massa com bacon e natas e adora dourada.
Ele, assim que chega, já anda a pedir arroz doce, aletria e baba de camelo.
Tão bom ser avó, nina.
Não consigo destinguir, o amor que tenho aos pais e aos filhos.
Falta-me um Corvo pequenino. Mas ele é que sabe quando. Era um bebé tão lindo, o meu Vasco! Queria um netinho igual a ele. Vamos a ver se o Menino Jesus, um dia, me dá um Corvinho pequenino igual a ele.
Beijinhos, minha Flor de Linho.
Maria

O Bicho disse...

Hoje, não tenho poesia.
Trago um abraço bem quentinho (do Sol da Antilhas) para os avós Maria e Costa e seus filhotes e netos.
É bom saber que começas um Ano Novo recordando momentos de Felicidade.
BOM ANO PARA VOCÊS!
do Bicho

Maria disse...

Bicho, querido amigo

Obrigados pelo abraço quentinho. Soube mesmo bem, por ser quentinho e vir de um amigo.
É, o filho do puto João, que tu conheceste mais ou menos com esta idade, já fez onze anos. É esperto, alegre e brincalhão, como o pai.
Abraços e beijinhos para todos vós de todos nós.
Maria, Costa e companhia limitada.

Laura disse...

Maria, Maria, ser avó deve ser a doçura e o amor, em harmonia coabitarem, a paciência que nunca se vai esgotar, e o amor que dia a dia, há-de aumentar...

petiscos eles hão-de papar, mas terei mais cuidado com a alimentação como faço por ter agora, é que tudo é nocivo, mas eu invento coisinahs boas,

eu quero é tê-los por perto
ir com eles de mão dada por aí saltar á corda e afins
jogar à macaca e à pedrada
gritar tão alto assim
como me lembro de mim
a cada birra que estreava
levava logo uma bofetada
da dona elisa que tinha
a mão pesada!
mas eu não farei assim
hei-de atirar-me pró chão
escorregar plas paredes
bater os pés em protesto
do meus tão poucos quereres
e dos muitos que fazeres!
Ai Maria, a lista nem acaba nunca, eles serão parte de mim e hei-de ajudá-los a aldrabar a mãe e pai quando for preciso,arrisco ...desligo o surfista e nem os ouço na hora do ralhete...

beijinhos, e que bom ter os netinhos por perto...um abraço da laura

Maria disse...

Laurinha querida

Acima de tudo, ser avó, é amar. Amar sem limites. É ser mãe, mas com muito mais açucar. Se tu me visses no Zoo com o meus netos, ias ver, como volto a ser a Petite Marie. Damos cabo da paciência ao avô. Comemos cachorros quentes, lambuzamo-nos com gelado, chegamos a casa todos sujos e estafados.
Uma noite, com o meu neto, começamos a brincar e rimos tanto, que a placa, quase me saltou. Ele ria, ria e, eu feita parva, ria ainda mais. As figuras que uma avó faz! Ela, já mais senhora, às vezes, parece que tem mais juízo do que eu. É bom ser avó. Eu gosto.
Beijinhos
Maria

Andre Moa disse...

Pela árvore depreendemos os frutos. Se a árvore Maria é o que é , os frutos - filhos e netos só poderão ser deiciosos. Deliciosos, sem dúvida. Parabéns ao neto, à mãe, ao pai, aos avós e ao espírito que a todos anima.
Em uníssono com a avó, também aqui canto a canção de embalar, em busca da estrela d'alva mais luzente do firmamento para que ilumine ete ano que ora começa. A mesma canção com que embalei filhos, filha e neto. Tinha de ser!
Abreijos
André Moa

Maria disse...

André
No dia do almoço, quando vi o seu neto, quase a dormir ao seu colo, tive vontade de o desafiar, para lhe cantar a "Canção de Embalar" do Zeca. Lembrei-me das vezes sem conta, que a cantei aos filhos e netos. Este, ainda hoje, com onze anos, a pede, sempre que está comigo. Daí, ter-lhe mandado esta prendinha.
São a minha grande paixão, estes pedacinhos de gente. Sempre adorei crianças. São tão puros, que quase tenho pena de os ver crescer, neste mundo sujo, em que vivemos.
Aí, fomos bem mais felizes. A nossa infância foi outra. Com menos coisas materiais, mas com a liberdade dos passarinhos.
Obrigada meu amigo. Para a próxima, cantaremos a "Canção de Embalar".
Beijinhos para si e todos os seus da
Maria

Paula Raposo disse...

Parabéns ao teu neto. Um texto que me deixou uma lágrima.
Muitos beijos, Maria.

Maria disse...

Obrigada Paulinha.
Um Novo Ano Feliz para ti e os teus.
Beijinho
Maria

Laura disse...

E para a próxima, que, há-de ser tão próximo asim, cante-se a canção de embaalr, e quem sabe, adormecem-me, ah...Beijinhos aos avós queridos, espero um dia poder ser assim, tãoa vó ou avô, quanto vós, Moa e Maria!..Beijinho da tua flor de linho..laura

Kim disse...

Finalmente consegui chegar a casa da Avó Marie.
Também não sei qual a sensação de ser avô mas tenho a certeza que serei um avô daqueles que os netos gostam. Eu entrego-me todo e quando assim é ...
Gostarei de contar-lhes aquelas coisas que ningu+em mais conta (sem ser chato).
Disfruta bem o teu netinho, mandando às urtigas aqueles teus momentos de desânimo e entrega às horas sombrias.
Um beijinho para a única petite grande-mére que conheço.

Laura disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Estrela d'Alva disse...

Maria,

Ontem, dia 1 de Janeiro de 2010, nasceu a filha de uns amigos meus à qual deram o nome de Inês!
11 anos antes nasceu o teu neto...
Espero que sejam felizes...
E também te quero feliz, minha Maria.

Animando-te e acarinhando-te, aqui ficam mil e um beijinhos (sim mil e um: podes precisar de um extra)
Estrela d'Alva

Laura disse...

Ah, gostei do que a estrelinha escreveu falamos no chat sobre essa nina, esperando que os numeros lhe sejam propícios...
faz como diz o Kim, brinca, e cá por mim, deixa que a dentaduira cai desde que nãos ejas tu a caír, apanham-se, ora pois e os entos acham piada ao que os avós fazem e dizem, eu que o diga, tive um avô, ai jesus,s empre fui a nina dele, sempre,e a avó laurinha, a mesmissima coisa, que amor e cimplicidade existia e existe ainda entre as duas, mesmo ela estando do lado d e lá, só que agora os meus quereres são mais sérios...e ela escuta-me, sei, sinto..Abraço apertadinho e que as maleitas tenham tirado de férias no ano que ficou encurralado..laura

Je Vois la Vie en Vert disse...

Olá querida,

Espero que já te encontras melhor !!
Já está na altura de arrebitar : ano novo vida nova !

Beijinhoss

verdinha

Bichodeconta disse...

Parabéns ainda que atrasados ao neto e a ti Maria por este neto.Que bom é adormecer ao som de uma canção da avó.Que tenhas muitos anos para poder desfrutar da alegria e do conforto de ser avó de corpo e alma.Beijinho, que a vida sorria á família neste ano que agora começou.Ell

Laura disse...

Menina Maria a quantas andas? Ai, quero crer que é apenas preguiça e mais nada, que o Ano só começou agora, e...Vamos lá a botar o saco das forças às costas, ora vamos lá... Beijinhos, muitos..laura a tua flor de linho que se não lhe escreves, definha também, ora pois..

Laura disse...

Maria,, enviei mail, se precisares de mim, seja para o que for, responde por lá! é da alma.
Beijinho da laura

Maria disse...

Kim

Só hoje consegui responder-te a ti e a todos.
No dia 2, fui parar ao hospital com mais uma crise de bexiga e estomago, tudo à mistura. Passei duas horas de inferno, entre análises, soro, injecções diversas e medo de lá ficar. Depois disso, tenho estado de cama, sem forças nem coragem, para pegar nisto. Estou muito em baixo.
Desculpa não me alongar, mas vou tentar, responder aos outros, enquanto posso.
Se melhorar, volto cá.
Beijinhos
Maria

Maria disse...

Estrelinha pequenina

A Maria tem estado doente. Logo que melhore escrevo mais. Obrigada pelos teus desejos e, que tu sejas muito feliz, meu Anjo.
Obrigada pequenina.
Beijinhos e até um dia.
Maria

Maria disse...

Querida Verdinha
Isto está mau. Lê o que escrevi ao Kim, pois não consigo estar aqui muito tempo. Tenho que ir tomar os ramédios.
Logo que possa, digo mais.
Um abraço grande
Maria

Maria disse...

Ell
Obrigada pelos parabéns.
Se vir o que digo ao Kim, perceberá, porque estou a escrever pouco.
Bom Ano para si.
Maria

Maria disse...

Minha Laurinha
Ficaste para o fim, porque vi três comentários teus e, só consigo responder uma vaz.
Isto está mau, nina. Estou doente.
Vou ver o teu Mail e, logo que possa, respondo.
Beijinho.
Maria

Anónimo disse...

Maria, querida amiga,
Tenho estado apreensiva com a falta de notícias.
Por favor cuida bem de ti.
Abraço bem apertado de saudades
Nemy

Osvaldo disse...

Maria;
Desculpa lá. Com atraso, muito atraso,... manda-mos os parabéns para o teu neto.

bjs para ti e abraços para o João e o Vasco

da Ana e Osvaldo

Laura disse...

Melhoras, minha Maria
é o que te desejo
e se o mal porfia
ai chama-se o maltejo.

Precisas de tratar de ti
ouvir o bom do doutor
descansar se ele mandar
e dormir se for dormir.

esperamos por ti
quando melhor estiveres
assim, naõ andes aqui
é melhor nem te atreveres.

Que ot empo estã tão mau
o frio gela os ossos
anda-se na rua
entre credos e pai Nossos.

Desejo-te uma santa noite
na paz de Nosos senhor
e que amanhã estejas mais sã
e não nos falte o teu amor!

Um grande beijinho da laura, há-de passar, sei que sim..

Caetano disse...

:)...

Laura disse...

Beijinho e saúde melhorada, da, flor de linho, mal da garganta, mas como fui buscar ao Nuno e já cá está, passa tudo. laura

Maria disse...

Amigos
A todos obrigada. Peço desculpa de não responder pessoalmente a todos mas, continuo em baixo.
Amanhã irei ao médico e vamos a ver se consigo ter forças para voltar. Agora, mal vejo o que escrevo e, custa-me estar sentada.
Beijinhos para todos
Maria

Laura disse...

E hoje, como estás, amanhã será um tico melhor, depois mais e mais e daqui a dias, tudo passou, a Maria voltou. nanja que o frio deita-nos abaixo, o nevoeiro, a época quase sem sol, leva-nos a embatucar pra dentro da concha...
beijinhos maria e obrigada por dares os parabéns à neide...laura

Laura disse...

Um beijinho perfumado a flor d elinho, como não conheço o perfume, espero que seja bom, já que sabe bem dormir em lençóis de linho..laura

Maria disse...

Querida Laura

Fui ao urologista ontem. Medicou-me e mandou-me ir ao gastroenterologista (não sei se está bem escrito) e a outro médico.
Pareço uma farmácia ambulante. Remédios a toda a hora, mas sinto-me melhor.
Beijinhos minha flor.
Vamos ver quando consigo escrever qualquer coisa.
Maria

Pascoalita disse...

Que lindo texto, Maria :)*

Ainda não tive o privilegio de conhecer essa sensação, mas de há algum tempo a esta parte, comecei a desejá-lo, sabes?

Tenho 2 filhotes com 28 e 24 anos que obviamente já podiam ser pais, mas a vida não está para grandes projectos.

Os meus Parabéns pelos seus 11 aninhos! Muitas felicidades e muita saúde. Que acompanhes o seu desenvolvimento por muitos anos e continue a proporcionar-te muitas alegrias.

Um beijinho