quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Carta ao Ano Novo


O Ano que está acabar, não vai deixar saudades. Desastres naturais, guerras, morte, gente com fome, crianças sem lar nem carinho. A nível pessoal, também não foi nada bom para mim e para os meus. E nestes meus, junto a minha querida Soledade, que tanta amargura tem tido este ano.
Termina mal. Tanto no nosso país, como em toda a terra, a água cai, os rios enchem, mais pessoas ficam sem lar, mais miséria, mais fome.
Que vais fazer, Ano Novo?
Vamos entrar em ti, com alguma esperança, que algo mude, que a Paz chegue, que a comida seja para todos, que os doentes melhorem, que os infelizes vejam um raio de sol e felicidade.
É em ti, novinho e ainda puro, que os nossos corações acreditam, para trazer, alguma coisa nova.
Como serás? Igual aos outros que nos encheram de esperança, para depois nos desiludirem? Ou serás diferente?
Já não acredito muito, que assim seja.
É assim tão difícil mudar o Mundo? Tu, que aí vens, novo, limpo, dá-nos, ao menos um pouquinho de Paz. Que as guerras acabem.
Será que és capaz? Será que és diferente?
Desejo, para todos vós amigos, um Bom Ano Novo.
Talvez, afinal, ainda haja milagres.
Até um dia destes.

22 comentários:

Kim disse...

Maria
Ambos sabemos que não vai acontecer nada do que pedes porque os homens (sempre os homens) não querem.
Mas se todos pensarmos como tu era mais fácil atingir esse desejo.
Já a minha avó dizia: - adeus mundo, cada vez pior!
Vamos acreditar que um dia isso é possivel. Os adultos não acreditam nisso mas as Petites Maries esperam sempre um milagre.
Feliz Ano Novo

Je Vois la Vie en Vert disse...

Toc toc toc,

Está a bater a porta da entrada do ANO NOVO, a menina verde de esperança...
Estou quase a fechar a porta de 2009 e quero abrir completamente a porta de 2010 para vislumbrar tudo o bom que ela nos vai trazer.

Acredito nos milagres, sim ! mas é como o Pai Natal, só vai ter à casa dos meninos que acreditam !

FELIZ ANO NOVO !

Muitos beijinhos amigos da

Verdinha

Liliana disse...

Faço meus os seus desejos, Maria! Desejo-lhe um óptimo 2010, com a esperança de que ele seja realmente diferente. Um beijo

Maria disse...

Kim

Tens razão, nada irá mudar. Mas é bom sonhar uns dias, que por qualquer milagre, o mundo melhore.
Tenho andado um pouco fugida, porque a saúde foi-se abaixo. Hoje levantei-me um bocadinho, mas não tarda, estou de molho.
Vai ser muito bom, passar o Ano, a comer papinhas.
Bom Ano Novo para ti os teus, um abraço do João e do Vasco e beijinhos da
Petite Marie

Maria disse...

Querida Verdinha
Bom Ano Novo, de nós para vós.
Só espero estar um bocadinho melhor no dia 1, dia dos anos do meu neto.
Um abraço enorme nosso, para vós.
Maria, João e Vasco

Maria disse...

Liliana

A Esperança nunca morre. Talvez este ano seja diferente.
Um Ano muito feliz e com saúde, para si e todos os seus.
Beijinho
Maria

Osvaldo disse...

Maria;

Apesar de todas as catástrofes, das guerras que afligem povos, da miséria que para alguns continua a ser um grande comércio, da fome que mata crianças, mas engorda pansudos,... Os anos que passam seja este ou os outros, sempre deixam um pouco de saudades, porque entre os escombros, sempre há um milagre de vida, porque entre as guerras sempre há defensores da paz, porque no meio da miséria sempre aparece a solidariedade, porque no meio da fome, há sempre alguém para dividir.

Todos os anos são iguais e se repetem... desde o aparecimento do homem.

Mas também fica deste ano que termina o aparecimento e concretização do GT,... a descoberta do Moinho das Poldras, o encanto da visita às vinhas do Douro que para alguns foi o encanto terrestre, a solidificação de uma amizade que nasceu num teclado e que hoje é mais que real,... e a descoberta para alguns do fascínio da Fonte da Moa.
Só por isto, para alguns, os anos deixam saudades,... doces saudades!

FELIZ 2010

Bjs Maria e um grande abraço para o João e para o Vasco e também vocês ainda irão beber à Fonte da Moa e quem sabe não levarão o mano?!... As minhas previsões não costumam falhar!.

bjs,
da Anita e Osvaldo

Estrela d'Alva disse...

Maria,

Desejo-te um óptimo 2010, que ele nos dê algumas coisas que este 2009não nos soube trazer!

Muitos beijinhos para ti, =)
Estrela d'Alva

Laura disse...

Petit Marie, já reparaste que as Sagitarianas barafustam mais que agradecem? já somos duas a reclamar, mas, se virmos bem, temos muito, muito a agradecer. Vá que o Bom Deus não tem o ouvido muito afinadinho para nós, pois ele sabe que falamos apenas quando os maus figados destilam birras e amuos, zangas...

Sim, temos de agradecer, e aprender a ver o mundo como um todo! Assim, aquele menino com fome, noutras Eras tirou a comida a muitos!... as guerras um flagelo que só acontece com a concordância da Autoridade Maior, porque o mal também tem lugar no mundo, enquanto o homem não se tornar humilde e sábio de coração!
Ah, tantos os reveses da vida, tanta a dor, mas, façamos por chegar a Bom Porto, sendo cada um de nós, melhor, melhor e, a vida seguirá o rumo certo. Precisamos de abrigar esses meninos orfãos, não só no coração, precisamos de arranjar comida e educação, não só como fazemos, mas, agindo, só que; não sabemos como nem quando nem por onde começar, porque se soubesse, acredita que nem esperava o ano acabar!...

Abraço d emuita ternura e paz... da tua flor d elinho, inspirada, ah, deve ser do Moscateld e ontem! Puxei, mas, escrevi fadinho e dormi bem..laura

Maria disse...

Anita e Osvaldo

Há sempre alguma coisa boa, no meio das muitas más.
Este ano, a partir de Maio, foi muito mau para mim. Mesmo assim, houve coisas boas.
Conhecer-vos, conhecer esse homem admirável, chamado "André Moa", as outras pessoas maravilhosas, que falam a mesma língua, que falo.
A Laurinha, a Verdinha e, todos os outros. O Kim, já o conhecia e, é daqueles amigos que todos gostamos. Não conheci pessoalmente, a minha querida Soledade, mas creio que ela é uma mulher excepcional. E a minha querida Estrelinha, tão doce, tão meiga.
E outro amigo, que não esteve no nosso almoço, um senhor jornalista e escritor, que conheço pessoalmente e, que debaixo de uma capa brincalhona, esconde uma sensibilidade enorme. Claro que estou a falar de Antunes Ferreira. É preciso conhecê-lo bem, para se ver quem é.
Espero que no ano que vem, possa ver, com vocês, Tabuaço e, ficar a conhecer melhor o Douro, que eu adoro e, onde encontro sempre uma grande Paz.
Que o Novo Ano vos traga tudo de bom, meus queridos amigos.
Um abraço grande do João e do Vasco e mil beijinhos da
Maria

Maria disse...

Minha Estrelinha
Queria desejar para ti, para a minha neta (da tua idade), para o meu neto, que faz no dia 1, 11 anos e para todos os meninos e meninas do mundo, um Ano Novo muito bom, cheio de felicidade e coisas boas, para todos vós. Queria, deixar-vos um mundo seguro, sem maldade, sem crianças infelizes, sem fome. Queria dar-vos tudo o que de bom houvesse.
Ainda tenho esperança de que o vosso mundo seja melhor, que este.
Se a Maria tivesse uma varinha de condão... Não tenho. Mas desejo-te a ti e aos outros todos, a capacidade de sonhar. Essa, que aos 65 anos, ainda não perdi.
Bom Ano, minha pequenina e, que todos os teus sonhos se realizem.
Beijinhos da
Maria

Maria disse...

Laurinha querida

Tens razão. Esquecemos, muitas vezes,coisas boas e só nos lembramos das más.
Ai a menina também gosta de Moscatel? Eu adoro, mas agora não há nada de vinhos. Vou fazer a saúde de Ano Novo, com sumo.
Lembraste-me de uma canção de Aznavour, em que ele fala de "Moscadel". Chama-se "À trousse Chemise". Gosto muito dela.
Mando-te o endereço do Youtube.
Para a semana, com calma, mando-te a letra em fracês e a tradução da história, que é muito gira.

http://www.youtube.com/watch?v=0x4MqjF5EoE

Beijinhos e Boa passagem de Ano

jrom disse...

Maria a amargura não ajuda, vamos ter esperança.
Bom Ano Novo,se algo que seja,for mudado ao encontro dos teus desejos será muito bom.
Enquanto isso,desejo as tuas melhoras
Tudo bom para os teus familiares
Feliz Ano Novo

Maria disse...

jrom

Eu queria ver tudo diferente.
Sabes? Lembrei-me agora de alguém, que disse um dia "I have a Dream".
É, estou a falar de Martin Luther King. Mataram-no. Muitos anos antes, Jesus Cristo, quis salvar o mundo. Mataram-no.
Vou guardar os meus sonhos. Não quero morrer ainda.
Bom Ano Novo, para ti e família.
Um abraço do João e do Vasco e um beijinho da
Maria

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Petitámiga

Pronto, pronto, não se fala mais nisso. Este trambolho do 09 está já a estrebuchar - mas ainda mexe, o sacana! Mas, como a Esperança é a última coisa a morrer, quiçá o 10 seja «menos péssimo». É, tão só, uma aspiração, que desejos não arrisco.

Resumindo e concluindo: haja Saúde e (algum) dinheiro para gastos, diz o Povo que ainda consegue ser mais desbocado do que eu. Ou seja, uns €€€€€€ritos nunca fizeram mal a ninguém...

Já não me permito ao devaneio de falar em justiça, moral, solidariedade, honestidade & quejandos; resta-me esperar que haja Paz. Pelo Mundo, mas sobretudo dentro de nós, de todos nós. O resto, Amiga, pois o resto são cantigas que o vento leva.

Oxalá o mano vá andando, e que os outros entes queridos, todos, entrem com o pé direito, em frente marche. Kisto de esquerdos e as anda muito por baixo. Não sei de quê, mas lá que anda, anda. Mas, não tires o anel.

Para tu um bilhão de bilhões (novo acd ort) de queijinhos (de todas as proveniências)

Maria disse...

Henriquamigo

O anel continua. A Esperança tambem. Paz "entre os homens de boa vontade", se ainda existem, também. Dentro de nós, sim. ela vive ainda.
O meu irmão está a melhorar. Devagarinho, mas já acredito, que voltará a ser ele.
O resto está bem, tirando eu, que me deixei ri abaixo das canetas. Mas vai passar. Passa sempre. O meu pai e o meu irmão, sempre acharam que dentro do meu frágil corpo, há uma força invencível. Um dia destes, voltará.
Espero que a Raquel esteja melhor e com foças para a vossa viajem.
Bom Ano Novo para todos vós, da malta cá do sítio.
Abraços, beijinhos e queijinhos de Tomar, fresquinhos.
Maria

Pascoalita disse...

O que vale é que a Esperança é mesmo a última morrer ...

Todos os anos, neste dia, fazemos o balanço e não vejo que as coisas tenham tendência a melhorar, pelo contrário.

Obrigada, amiga, pelas dicas sobre como tentar familiarizar-me com boa leitura.

De coração, desejo um Excelente 2010. Acima de tudo Saúde, Paz e Serenidade nesse coraçãozinho.

jinho grande

Maria disse...

Pascoalita amiga

Um Bom Ano Novo para ti e todos os teus.
Havendo Esperança, é meio caminho andado. Quando se perde, é o começo do fim e, eu, mesmo velhota, gosto da vida. Aliás, não tenho muita razão de queixa dela, comparada com outras pessoas.
Estou aqui quentinha, tenho comida que chega, (ainda por cima sou de pouco alimento), vou comprando os meus livros e discos, dando umas voltas. Nas noites de frio, chuva e vento, que têem estado, lembro-me muito dos sem abrigo e daqueles que vivem sós.
Vamos ver, se o Ano Novo, será melhor para todos.
Beijinhos minha querida, tudo de bom para ti
Maria

Andre Moa disse...

Aqui venho, grande amiga,
minha querida Maria,
desejar-te, em cantiga,
ano de paz e alegria.

Que o ano 2010
te traga toda a virtude,
que possas mostrar quem és
com amor e com saúde,

2010 abreijos
André Moa

Maria disse...

Querido André: Para ti
Desejo saúde aos molhos.
Quero ver com os meus olhos
A vida que em ti vi.

Essa força, feita de aço
Que te dá um tal poder,
Que este ano, tu vais ver,
Me mostrará Tabuaço.

Depois irei eu mostrar-te
Minha Tomar, meu encanto.
Verás que lindo recanto
Para acabar de curar-te.

Água do rio não te dou.
Só é bonita de ver.
Mas talvez possas beber
Vinho, que Gualdim lá plantou.

Bom Ano, meu herói. Beijinho para ti, tua mulher (diz-lhe que emoldurei a renda que me ofereceu e, está junto das minhas preciosidades), Susana e para o Moa pequenino, da
Maria

Andre Moa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Soledade disse...

Olá minha Kida Linda!Desculpa o meu atraso em escrever-te,mas eu ando por aqui neste mundo virtual aos cadinhos...conforme o tempo de deixa.O tempo e a disposição.

Kida, que lindo este presente que ofereceste ao teu menino. Que bom teres o dom de saber cantar.Olha, quando eu estava de bebé da Joana a médica disse-me para eu lhe cantar sempre que sentisse que ela estava agitada.Entrei em pânico!Disse-lhe:SnrªDra.por mais que me esforçe eu não consigo cantar.Sou estúpidamente desafinada e a criança aínda se assusta!Ela num tom de voz muito doce só me disse:Cante,não importa se desafina.O bebé precisa de sentir-se embalado quando está agitado.E pronto.Eu cantava conforme sabia,tentava sempre cantar muito baixinho e a verdade é que dava certo.Ela sossegava logo.

O teu menino deve ter-se consolado de ouvir a voz da sua avózinha.E que bela recordação ele guarda minha kida.Apesar de hoje estar longe pouco importa minha Maria.Está longe sim, mas apenas fisicamente porque no teu pensamento, no teu coração de avó ele está sempre presente.Podes continuar a dar-lhe miminhos, a cantar para ele a adormeçê-lo nem que seja sómente em sonho.E podes crer que as crianças NUNCA ESQUECEM quem lhes deu amor VERDADEIRO.

**Muito bem escolhida a canção que o embalava.Adoro o Zeca, o nosso saudoso Zeca...

ADORO-TE MINHA KIDA MARIA

MUUUUUUUUUUUUUUUIIIITOS JINHOS e DESCULPA O MEU ATRASO

MUUUUUUUUAAAAAAAAAAHHHHHH**********