sexta-feira, 21 de agosto de 2009

A Júlio o que é de César


Anteontem, por puro acaso, entrei numa “Sacolinha” em Cascais.
Lembrei-me do J.C. Como gosto de ter provas daquilo que os outros dizem, fui provar os pastéis de que ele tem feito enorme publicidade. Provei, comi, comprei. São mesmo deliciosos. Um folhado à moda antiga e um creme de fazer água na boca.
Por isso, Sheriff, daqui em diante, vou acreditar nos teus gostos, salvo no que diz respeito ao Wisky. Aí ninguém me convence. Até o cheiro me repugna. Mas lá os pastelinhos... Fiquei fã. E agora quando for a Cascais, lá vai um, lá vão dois, pastelinhos a voar.
E lá se vai a linha de que tanto me orgulho.
Meninos, vão à “Sacolinha”. Os pastelinhos são quase tão bons como as ”Bolas de Berlim” da tia Maria dos bolos da Praia da Conceição.
Obrigada J.C. pela dica.
Até um dia destes e façam o favor de ser felizes.

40 comentários:

Agulheta disse...

Olá Maria.Deste lado nunca provei,mas que gosto é verdade,e se levar canela...ups,que bom,de vez em quando faz bem,os excessos é que fazem mal.
Beijinho.

Laura disse...

Ai Maria, e comi eu saladas para manter a figura e vens cá tu alardear que os pasteis preferidos do JC é que são bons, mau, mau, e mau...eu nem vejo a novela de que falas a do sherif, diz como se chama para eu ve rum tico, é que como não ouço, não perco tempo a ver o que não entendo..
beijinhos e come os pastelinhos, um por mim...laura.

Maria disse...

Olá Agulheta:

Os pasteis são uma delícia. Com canela, sem canela, quentes ou mornos, sabem mesmo bem. Eu que sou de comer pouco, comi 2. Um verdadeiro record.
Beijinho.

Maria disse...

Laurinha:
A novela já acabou há meses e nem me lembro do nome. O J.C. fazia um grande papel.
Quanto aos pastelinhos, nem te digo, nem te conto.
Há anos que nada me sabia tão bem.
Quando lá voltar, como um por ti.
Beijinho

Corvo disse...

Estou aqui num lugar sagrado de tomar: a Casa das Ratas. É o indicado para quem gosta de comer devagar... Boa comida e boa pinga!
Estás desgraçada: já fiz publicidade ao teu blogue! Uma menina, aqui, na Casa das Ratas, disse-me que já tinha visto o teu blogue, por se lembrar do nome e da tua fotografia. Estás feita!!

Beijos do Corvo

mariabesuga disse...

Pois esses não conheço Maria mas há em Queluz uma pastelaria que os faz divinais também. Não me lembro bem o nome mas é Mariazinha ou qualquer coisa assim e fica quase debaixo dos arcos... Para mim são melhores que os pastéis de Belém que esses se os comes de um dia para o outro ou só que seja frios já perderam o encanto enquanto que estes de que falo mantêm-se apetitosos...

Já sei que indo a Cascais vou provar esses também que é dos bolos de pastelaria dos que mais gosto, diria mesmo o que mais gosto.

Beijinho beijinho Maria e que ser feliz continue a fazer parte da tua força... minha amiga.

Maria disse...

Meu Corvo:

Tomar é toda sagrada. Do Convento ao Mouchão, de Santa Maria à minha Rua e à casa onde nasci, da estátua do Gualdim à Casa das Ratas. Tudo em Tomar tem História e me fala da minha história.
As Rodas, segundo o meu querido Dr. Nini, são meninas Mouras encantadas, que choram a sua tristeza. Tomar tem feitiço. Diziam dantes, que quem bebesse água da velhinha Fonte da Prata, voltava a Tomar. Tu não a bebeste. Mas pelo visto, a água-pé da Casa das Ratas, deu-te o mesmo efeito.
Ou seriam as gotas de água da Roda, que apanhaste em pequeno?
Cuidado com as Patas bravas. Olha o que aconteceu ao teu pai: Meteu-se com uma e tem de a aturar para o resto da vida.
Beijinhos da
Mãe Pata Brava

Maria disse...

Girassol, minha Girassol, os pasteis da Sacolinha faziam pecar o "Senhor da Pedra", a Josefa de Óbidos (minha parenta afastada) e todos os santinhos.
Depois de os provar, acho que não vou comer pastelinhos de nata, em mais nenhum lado.
Beijinhos de cá para aí.

Je Vois la Vie en Vert disse...

Uma amiga minha que mora ao pé do "Sacolinha" já vai receber uma encomenda minha....
Obrigada pela dica !
Também há uma pastelaria no largo de Tires que também fabrica os pasteis deliciosos.

JC, não estará com a água a crescer na boca ? Será que ele passa por este blog ?

Beijinhos

Verdinha

Maria disse...

Querida Verdinha:

Os pastelinhos são uma delícia. Se tens quem tos mande, aproveita.
Não sei se o J.C. vem aqui, penso que não. Se passar, vai a correr comer os ditos, antes que, com tanto reclame esgotem.
Vou agora ver o meu irmão, que não está melhor.
Logo, volto em busca de um pouquinho de ternura e amizade vossa.
Beijinhos

Osvaldo disse...

Maria;

Quem sabe não vais ter que nos mostrar onde se encontra essa pastelaria?...

Se não, lá vou ter que chatear o JC para me mostrar o caminho.

Se são assim tão bons e tu o dizes, tenho certeza que é verdade.
Já se for o Sherif a dizer, pode ser novela ou anúncio publicitário e aí não confio. rsrsrs.

bjs Maria e um abraço para o João
da Ana e Osvaldo

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Mau, mau, Maria

Primeiro que tudo: o Jomo Kenyata não tem nada a ver com esta escrevinhadela, mau, mau.

Depois: vou daqui já apresentar uma queija, com x, nos Pasteis de Belém e na Casa do Preto das Queixadas, com j, de Sintra. Dando, naturalmente, conhecimento à AdaC. E à Asae. E ao Capucho que (ainda) é o presidente da CMC. E ao DDD, o Departamento de Defesa Dietética (em Bruxelas). E ao Parlamento Europeu e ao senhor doutor Durinho, mesmo que não seja reeleito (???).

Isto não se faz. Uma fotografia como esta é um verdadeiro atentado aos bons costumes, ao politicamente correcto, ao dr. Tallon e aos personal treiners deste País.

Simultaneamente, já coloquei na net um abaixo assassinado contra os excessos pantagruélicos & afins consubstanciados nestes folhados e recheios verdadeiramente provocadores e erotico-pornográficos.

É por estas e por outras que o nosso bem amado cantinho à beira mar plantado se encontra no estado em que estado, perdão enquistado em que está.

Abaixo a reacção. O pastel não passarão (ou?...)!!!

Viva o gressino e o esparregado!!! Viva o regime*!!!

Qjs & abs ao Janeco (a quem desejo as melhoras, tadinho) e ao teu mano (idem, idem, aspas, aspas).
______

* dietético, ófe córçe

PS (mas kéisto?) - Já agora, a morada da «Sacolinha» é?

Maria disse...

Caro Osvaldo:
Os pasteis são uma maravilha.
Terei o maior prazer em te mostrar o caminho.
Hoje etive lá perto, mas ia com pressa de ver o meu irmão. Fiquei menos apreensiva, porque já o vi voltar-se sem grandes queixas. Agora tem montes de exames para fazer e só Deus sabe, como tudo vai correr.
Hoje vou tentar dormir, porque senão quem adoece sou eu e faço falta aos outros.
Abraço do João, beijinhos para a Anita e para ti.

Laura disse...

Maria, devagarinho vai melhorando o teu mano e bem sabes como é o ditado; de hora a hora Deus melhora... e s elhe levare suns dos pasteis do JC, ai que andamos todos a falar no Julio César a amigo do Kim, um dia ainda o conheço em pele e osso...mas hei-de provar os ditos pasteis, já que nãos e calam com eles..Beijinhos, muitos..laura..e melhora tu também..

Estrela d'Alva disse...

Olá Maria,

Nunca os provei, e mais curiosamente nunca na minha vida fui a Cascais!
Já andei muito perto... mas nunca lá cheguei.
Um dia que lá for, não me esquecerei de ti!! =)

Beijinhos, muitos,
Estrela d'Alva

Maria disse...

Henriquamigo:
1º Eu como pouco. O meu neto diz que eu como menos do que os passarinhos.
2º Já gostei mais de bolos do que agora, mas aqueles pasteis são uma tentação.
3º A culpa é do J.C. que está sempre a falar neles. Passei lá e resolvi experimentar. São mesmo o supra-sumo, ou ké, dos pasteis, ditos de nata.
4º Sou contra a Asae porque diz mal de tudo o que ainda se pode comer, que saiba a alguma coisa.
4º Não sei a morada, mas parece que há mais que uma.
Fui ver o meu mano. Estava com menos dores, mas falta muito para voltar a ser ele. Está muito magro.
Magro mesmo, não é só meio gordo.
Se o apanho a ralhar comigo, por causa das asneiradas que escrevo, ainda julgo que é mentira.
Gosto tanto dele, que acho que ele nem imagina.
O João já está bom e cheio de paciência para aturar a manienta da Maria, que fica chata de todo com as doenças dos outros.
Abraço do João, beijinho para a Raquel e queijinhos (não investigados pela ASAE.

Maria disse...

Laurinha querida;
O mano tem menos dores, já se mexe um bocadinho, mas só depois de todos os exames, se verá.
Tens que vir cá comer os pasteis.
Eu mandava-tos pelo correio, mas com a eficiência deles, chegavam estragados.
Beijinhos, flor de linho.

Maria disse...

Estrelinha,

Dois erros: Não conhecer Cascais, uma das terras mais bonitas que já vi e não conhecer os pasteis da Sacolinha.
Tens de os corrigir depressa.
Beijinhos, pequenina.

laura disse...

Pois, Maria, um dia destes vout er contigo, é só esperares pla nina das resteas, seguimos viagem e venham d e lá mais meia dúzia...Olha, quem sabe, quem sabe..Beijinhos de bom Domingo..laura

Maria disse...

Laurinha:
Sim, iremos à Sacolinha comer os pastelinhos e pôr a conversa em dia.
Estou de rastos. Se vejo o meu irmão em pé, ainda julgo que é mentira. Estou a passar um momento mau. Se ao menos ainda pudesse chorar! Mas acho que a fonte secou. Vem uma lágriminha, volta para trás e cai na alma com uma gota de chumbo derretido e ardente.
Beijinhos

Kim disse...

Pois o J.C veio ontem (sábado) almoçar comigo e trouxe-me dúzia e meia de pasteis de nata. À noite fui jantar com ele a Cascais, nas Festas do Mar e nem me lembrei da Sacolinha.
Vou-lhe mostrar este post pois vamos fazer mais umas almoçaradas durante esta semana.
Beijinhos Petite Marie

Maria disse...

Kim:
Agora tenho ido muito para os lados de Cascais, porque o meu irmão mora perto. Por um daqueles acasos que acontecem, vi-me em frente à Sacolinha e... vi, isto é, comi um dos tais pastelinhos.
Fiquei convencida e tenho feito um tal reclame, que a fama já chegou ao Norte do País.
Amanhã, se calhar, vou lá outra vez. Só espero não passar lá muitas vezes, porque ando a pôr a linha em perigo.
Quais pasteis de Belém, qual carapuça! Os da Sacolinha são os reis (ou presidentes da Républica) dos pasteis.
A partir daqui, acho que não comerei mais nenhum pastel de nata, sem me lembrar deles.
Beijinho para ti e a minha gratidão ao J.C.

carla mar disse...

VIVAM os OVOS MOLES de AVEIRO :)


beijinhos dos 4 e as melhoras dos teus doentinhos.

c

Maria disse...

Carlinha:
Também gosto, sim senhora. Mas só uma colherinha. Mais do que isso enjoa-me.
Depois de falar em tantos doces, lembrei-me das minhas "Fatias de Tomar" ou da "China". Vivam elas, também.
Beijinhos para os 4 e boas férias.

Martim disse...

Olá Tia Maria

Não existe no mundo melhor doce que os mimos da Mãe.

Também gosto muito de pasteis de nata, ovos moles, bolas de berlim e gelados :D

Querida Tia Maria, vou deixar um recado aqui para a minha Mãe querida:

MÃE LINDA E QUERIDA
AMO-TE TANTO
TANTO TANTO...
chove a potes e não podemos fazer nada, vamos a Aveiro comer ovinhos moles, Mamã????

muitos beijinhos e abraços do teu filho querido e para a Tia Maria, também :D


Martim em Moledo e a pensar nos bolos de Aveiro.......... ou nas francesinhas do porto, tanto faz!
também aceito ir a Tuy ou a vigo aos caramelos.

beijinhos

Martim =)

Maria disse...

Querido Martim:
Que grande guloso me saiste!
Vamos a ver se a mãe lê o recado.
Então e umas "Clarinhas de Fão"? não iam? Olha que são bem boas.
O meu neto adora aletria e baba de camelo, feitas por mim.
Boas férias, meu amiguinho. Moledo é lindo.
Beijinhos da
Tia Maria

pico minha ilha disse...

Maria um pastel vinha a calhar e com o café que vou beber ainda melhor.O Saul "que era pequenino e imitava o Quim Barreirs" agora já enorme e com alguns sucessos esteve aqui na ilha "no Cais Mourato" fui ver e adorei, fiz presença em casa só pelas 3 da matina.Beijinho grande Maria e sejamos felizes.Melhoras para seu irmão

Maria disse...

Salomé:
Se eu pudesse, mandava-te os pastelinhos. Assim, vai imaginando.
Um dia que tenha portador, envio-tos.
Ainda bem que gostaste das festas.
Toca a divertir, enquanto é tempo.
Amanhã vou ver outra vez o meu irmão. Obrigada pelos teus desejos de melhoras.
Beijinhos.

Zé do Cão disse...

Sou um velho esperto.
Comentei este texto ainda antes dele publicado.
É pelo menos o que parece.
Veja- se o anterior

Desculpa-me amiga

Maria disse...

Amigo Zé:
É verdade amigo. Tu adivinhas!
Se não fosse a data trair-te, ficava cãovencida. Mas vi a data.
E que tal os pasteis de Belem? A última vez que os comi, estavam massarucos, com um creme horrível, só a canela era igual. Vai à Sacolinha, amigo. Vais ver que não te arrependes.
Os de Belem, já eram. Deve ser das próximidades com o palácio. Estão pálidos, durázios e sem "Açucar nem Afecto". Os outros sim. São como a canção do Chico Buarque: "Com açucar com afecto" q.b. Se não souberes o que quer dizer este q.b., pergunta à tua Dona. Ela sabe. Aparece muito nas receitas culinárias.
Beijinhos.

Laura disse...

Já estou aqui de chávena de café a fumegar e, bota pra cá um pastelinho, ou antes; dá slicençinha? é que tiro da tua caixa e nem se dá conta...beijinho da laura.

Maria disse...

Laurinha:
Serve-te à vontade, nina. Talvez hoje passe na Sacolinha e trago mais. O que vale é que como só estou pele e osso, não devo engordar mais de 10 gramas.
Mas tenho que ter cautela. 10 hoje, 10 amanhã, ainda me arrisco a ficar gorda.
Atendendo a que como pouco, não vão ser os pastelinhos que me engordam.
Vou ver o meu mano.
Beijinhos e espero que o pastelinho te saiba bem.

Caetano disse...

Maria, artigos destes são um perigo para o teclado, tal o efeito de salivação que provocam! Agora fiquei cheio de vontade de comer pastéis de nata... Vou ali abaixo tratar disso! :) Esses da foto têm excelente aspecto.

Beijinhos

Maria disse...

Caetano:

São só os melhores pasteis de nata que comi até hoje.
Imagina um folhado fininho, estaladiço, recheado por um creme delicioso que se desfaz na boca.
Os de Belém ao pé deles, não valem nada.
Beijinhos

Marsupilando disse...

Olá Maria

Quando estive de férias com a mana fomos comer pastéis de Belém. Agora vou pedir ao papi a â mãe para comprarem desses que têm muito bom aspecto.
Eu sou muito guloso.

Sabes, Maria, já fiz muitas cópias das tuas histórias. Estou a gostar muito de as ler todas.

Beijinhos para ti,Maria

Maria disse...

Janeco:
Todos somos gulosos quando somos pequeninos. Os docinhos são tão bons! Só é preciso não comer demais.
Se a Maria pudesse, ia aí levar-te os pastelinhos da Sacolinha.
Ainda bem que tens gostado das "histórias da bicharada". Qualquer dia conto mais.
Tu és um amor, meu pequenino.
Beijinhos da Maria, que um dia irá ver-te e falar contigo.

Je Vois la Vie en Vert disse...

Quando do nosso encontro em Setembro, vou levar uma especialidade da Bélgica, que não têm nada a ver com os pasteis de nada ... até porque não têm nata. Quem já là (na BÉLGICA) esteve sabe do que falo , encontra-se a todo o lado - não, não são BATATAS FRITAS ! - mas é uma genuina receita da minha querida mamã.
Quem adivinha do que se trata ?
Só em Setembro, saberão...

Ás melhores do teu mano, querida Maria e trata bem de ti !

Beijinhos doces

Verdinha

Maria disse...

Querida Verdinha:

Estou a ver que desta vejo Tabuaço por um canudo.
Não consigo sair daqui com o meu irmão tão doente. Pelas minhas contas, vai levar muito tempo até o ver capaz de me afastar dele. Estaria sempre a pensar no mesmo.
Estou a ir-me um bocado abaixo.
Vamos ver o que os médicos dirão na sexta-feira.
Obrigada pelo teu cuidado e beijinhos.

Canto da Carlota disse...

Hum tenho ir procura um dia...modéstia a parte os pasteis nata e as bolas berlim do meu maridão são de chorar por mais..

Maria disse...

Carlota:

Estou sempre aberta a experiências novas. Isto é, a provar os bolos do teu marido.
Beijinho.
E já agora onde se podem provar essas maravilhas?