quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Era uma vez a bicharada da Maria 12


Ora hoje vem o Tomé. Pequeno sultão porquê? Porque é, até agora, o único macho no meio de quatro cadelas. O Tomé é a última (?) aquisição da matilha do meu neto. É um Spitz alemão, filho de uma cadelinha chamada Maria e de um canito chamado Gaspar, parecido com a mãe, ainda muito novinho, alegre, brincalhão como qualquer cachorrinho. Entrou numa família só de cadelinhas e deu-se bem. Respeita a Duna como sua mãe, brinca com a Java, é bem tolerado pela condescendente Tuca e esperemos que Fräulein Vega, atendendo ao facto de ambos serem de raça e terem a origem alemã, seja tolerante com ele.
É um animal esperto, vivo e bonito.
Brinca muito com a Java, “ajuda-a” a tirar os cobertores das casotas, (acho que é para arejarem), mete-se com as outras quando têm paciência para o aturar. Gosta de bolachas e há tempos apanhou um rato e foi mostrar aos donos, para provar que não era só a Tuca que sabia caçar.
Ainda é muito pequenino para ter grandes histórias, mas é um espertalhão.
Acho que um dia ainda vai dar que falar.
Hoje é o último dia deste grupo. Amanhã começará outro mais variado. Depois verão.
Até amanhã com... Só digo que não é cão.

7 comentários:

martim disse...

Olá Maria!

Estás bem?
Eu estou bom, tenho tomado conta da Mãe, que anda tristinha.
Tenho lido as tuas histórias e tenho gostado muito.
O Tomé é giro, parece uma bolinha de pêlo, também gostei de ver a foto da Java que tem uns olhos lindos.
Amanhã entro de férias.
Agora vou jantar, até amanhã Maria, um beijinho e festinhas para a Bicharada.

MARTIM :D

Anónimo disse...

Olá Martim:
Estou bem, só um bocadinho constipada. Então a mãe aina está tristinha? Com uns beijinhos teus e dos manos vais ver que melhora.
Ainda bem que tens gostado das histórias. Ainda faltam algumas até ao fim do ano.
Depois paro com a Bicharada até à Páscoa. Até lá, de vez em quando, talvez vão aparecendo algumas ao fim de semana. O próximo período vai ser de trabalho para vocês, vão ter de estudar muito, para no fim da escola não haver sustos.
Que tal as notas deste período? Espero que tenham sido boas.
Beijinhos para ti, manos e mãe.
Maria

Anónimo disse...

Nem gato...

Estão giras as histórias!

Vasco

Anónimo disse...

Vasco:
Não é cão nem gato, mas já muita gente comeu gato por este.
Beijo
Mãe

Kim disse...

Gosto mais dos outros canitos. Este não é bem o meu estilo.
Mas tal como S.Tomé - ver ... para gostar.
Um beijinho Marie

Anónimo disse...

Kim:
Este é mais "luluzinho", mas é giro e portátil, alegre e brincalhão.
Mas eu gosto acima de tudo de rafeiros. Talvez por serem mais parecidos comigo.
Beijo
Maria

Anónimo disse...

Pois é, este menino tem ar de luluzinho mas é dos 5 o mais porcalhão e pateta. No sábado estava a lavar o quintal num sítio onde eles fazem as mijadelas e o sr.Tomé resolveu atirar-se em cheio para a creolina. Misturada com a lama que ganhou na barriga por andar a fazer escavações nos vasos e canteiros ficou nojento e muito mal-cheiroso. Teve que ser pré-lavado e lavado no chuveiro até que se pudesse estar a 1 metro dele sem torcer o nariz.
João