sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Era uma vez a bicharada da Maria 14


O Narizinho nasceu numa garagem. Através de um anúncio foram buscá-lo, levaram-no para casa e reparando no seu belo nariz cor-de-rosa, deram-lhe o nome de Narizinho. A minha menina adorou-o. É muito meiguinho, nunca se zanga, nem quando leva as vacinas. O veterinário diz, que ele é um gato passarinho. Pouco tempo depois, teve uma companheira gatinha e teve que fazer uma operação, para evitar que a casa se transformasse num mar de gatinhos.
Engordou muito, porque essa operação faz isso aos gatos. Além disso é muito molengão. É tão gordinho que quando está sentado de lado, mal se destinguem as pernas. Pensa que a dona pequenina é mãe dele, chucha no cabelo dela, enquanto lhe vai mexendo no pescoço, com as patinhas. Adormecem abraçados e ele fica quietinho com um boneco de peluche.
É giro e simpático e eu acho-o engraçado, por causa de ser assim gordinho.
Os donos é que não gostam, porque ele come muito.
Até os animais têm problemas com o peso. Acho que o deviam pôr num ginásio, mas não sei se ele ia gostar.
Até amanhã com...

5 comentários:

carla mar disse...

Tão bonito, amiga :)
Viemos deixar-te uma beijokinha, grande... com um sorriso pendurado :)

Carla
Diogo
Mariana
Martim


PS: uma beijokinha, também, para a dona do lindo Narizinho :)

Anónimo disse...

Carla amiga:
A dona do Narizinho vem no Natal. Estou com muitas saudades dela e da mãe.
Beijinhos para os 4
Maria

Kim disse...

Petite Marie - então onde é que está o bichinho caseiro com quatro letras?
Este tem uma porrada delas.
Se fosse eu, chamar-lhe-ia GATO. Como vês, teria quatro letras.
Bj e muito bom fim de semana.

Anónimo disse...

Kim:
A dona deste, minha neta, quando era mais pequenina punha nomes esquisitos aos bichos. Já teve uma cadela chamada "Terra" que esteve para ser "Batata". Os do outro neto é que têm todos nomes de quatro letras.
Beijinho
Maria

Anónimo disse...

Bem bonito o Narizinho!
João